Últimas colunas

  • Valeu a pena o Bahia participar da Flórida Cup? +

    Com poucos dias de preparação, o Bahia já encarou dois jogos amistosos no início de 2017. Será que deu para Leia mais
  • O elenco do Vitória para 2017 é velho? +

    O rubro-negro baiano começou a se reforçar pesado para a temporada 2017, e o que se fala é que os Leia mais
  • Gestões que ofuscam palavras +

    Coluna publicada na edição desta segunda-feira, nas versões impressa e on-line do jornal Correio* Durante a semana, me peguei lembrando Leia mais
  • Planejamento ou empirismo? +

    Coluna publicada na edição desta segunda-feira, nas versões impressa e on-line do jornal Correio* A primeira semana de 2017 já Leia mais
  • Sem sofrimento, por favor +

    Coluna publicada na edição desta segunda-feira, nas versões impressa e on-line do jornal Correio* Primeiro dia útil de 2017 e Leia mais
  • 1
  • 1 Gestões que ofuscam palavras
  • 2 Planejamento ou empirismo?
  • 3 Sem sofrimento, por favor
  • 4 Professores e boleiros
  • 5 Sonhar, pero no mucho
  • 6 Preciso falar sobre Mário Sérgio
  • 7 A curiosa emoção racional
  • 8 Na sofrência
  • 9 Tite x Gordiola
  • 10 Desempenho e resultado
  • 11 O misterioso mundo dos técnicos
  • Gestões que ofuscam palavras

    Coluna Correio*

    Durante a semana, me peguei lembrando de treinadores que, outrora, eram os nomes da moda, mas que hoje se encontram em absoluto ostracismo. Recordava os tempos áureos de Joel Santana, campeão por onde passou na década de 1990, e de Vanderlei Luxemburgo, um dos maiores treinadores que o Brasil já produziu, com passagens pela Seleção Brasileira e até pelo galático Real Madrid. Carreiras que faziam inveja a qualquer profissional da área.

    Leia mais
  • Planejamento ou empirismo?

    Coluna Correio*

    A primeira semana de 2017 já terminou e o torcedor começa a entender o critério de contratações de seu clube. É óbvio que o caminho pode mudar durante o ano, mas a noção dada por Bahia e Vitória já foi escancarada com a oficialização de alguns jogadores ao longo dos últimos dias.

    Leia mais
  • Sem sofrimento, por favor

    Coluna Correio*

    Primeiro dia útil de 2017 e você, certamente, já está colocando em prática os planos para o ano que está começando: perder uns quilinhos, deixar de beber, comprar um carro novo, viajar para aquela cidade que você sempre sonhou em conhecer, encontrar um novo amor. Você também deve ter passado nas outras páginas esportivas deste jornal para conferir as novas contratações de seu time, mas sofreu um duro golpe, deixando um vazio de novidades na sua alma de torcedor.

    Leia mais
  • Professores e boleiros

    Coluna Correio*

    As esperanças dos torcedores de Bahia e Vitória se renovaram com a confirmação da dupla na Série A de 2017. O campeonato mais importante do país terá dois representantes baianos, e nosso estado terá mais clubes que Pernambuco e Rio Grande do Sul, por exemplo. Com isso, renovaram-se também os contratos dos treinadores Guto Ferreira e Argel Fucks, dois dos responsáveis por dois Ba-Vis na primeira divisão no próximo ano. Bom negócio?

    Leia mais
  • Sonhar, pero no mucho

    Coluna Correio*

    Neste final de ano, tive o privilégio de passar uma semana em Buenos Aires. Mergulhado no mundo fascinante do futebol argentino, é fácil perceber o porquê de o país ser tão apaixonado pelo esporte, que faz parte da economia e, principalmente, da história dos vizinhos hermanos.

    Leia mais
  • Preciso falar sobre Mário Sérgio

    Coluna Correio*

    Quando comecei a escrever o livro Década de Ouro, que conta a história do heptacampeonato estadual do Bahia, sabia que teria que conhecer aquele Vitória campeão de 1972. Afinal, não existe um rubro-negro setentista que não cite o tridente ofensivo formado por Osni, André Catimba e Mário Sérgio – três dos maiores jogadores que vestiram a camisa vermelha e preta. E, ao me debruçar no time mais espetacular do Leão da Barra, conheci um pouco mais da história de Mário Sérgio Pontes de Paiva.

    Leia mais
  • A curiosa emoção racional

    Coluna Correio*

    O futebol é um esporte que envolve vários sentimentos. A razão, que faz com que a análise seja fria, baseada em números, desempenho, gestão e outros elementos, fica por conta daqueles que trabalham e vivem dele. A emoção, que esquenta o coração e ativa a passionalidade, ignorando teses e batendo de frente com a racionalidade dos especialistas, é de propriedade do torcedor. E é do torcedor que eu quero falar.

    Leia mais
  • Na sofrência

    Coluna Correio*

    Dificultar jogos relativamente fáceis é algo comum no futebol. O mais forte, autossuficiente, acredita que irá resolver o confronto a qualquer momento. O mais fraco, acuado, procura o mínimo de espaço para tentar surpreender. Neste jogo de gato e rato, por muitas vezes o roedor consegue ludibriar o felino.

    Leia mais
  • Tite x Gordiola

    Coluna Correio*

    O Brasil de Tite é a grande sensação do momento no futebol mundial. Um time que mudou da água para o vinho e que teve o jogo coletivo aprimorado, fazendo saltar aos olhos a qualidade individual de seus jogadores. O técnico da Seleção, enfim, colocou em prática tudo o que estudou em seu “ano sabático”, após o fim de sua penúltima passagem pelo Corinthians.

    Leia mais
  • Desempenho e resultado

    Coluna Correio*

    Faltam apenas quatro rodadas para o fim da Série B, e o Bahia passou a integrar o G4 após vencer o Vila Nova, fora de casa, na última sexta-feira. Um passo importante num momento crucial do campeonato, conquistado graças aos resultados dos últimos jogos – foram 13 pontos somados nos últimos 15 disputados. Uma campanha que consolida o tricolor como o segundo melhor time do segundo turno, atrás apenas do Avaí.

    Leia mais
  • O misterioso mundo dos técnicos

    Coluna Correio*

    Entender o futebol pela ótica dos treinadores é algo bem complexo. Nenhum ser humano é capaz de invadir a mente de seu semelhante e dela arrancar respostas aos seus incomodantes questionamentos. Essa ação torna-se ainda mais utópica quando o ser humano é um técnico de futebol. E não é exagero.

    Leia mais

Elton Serra é colunista do jornal Correio*, e com passagens pelas rádios Transamérica e CBN. Pós-graduando em Jornalismo, técnico em Rádio e TV e com especialização em Radialismo, também tem graduação em Administração. É autor do livro "Década de Ouro: a história do heptacampeonato do Esporte Clube Bahia", pela editora Via Escrita. Gosta de contar histórias, fazer análises táticas e trazer números e curiosidades do futebol baiano, mas sempre com referências do futebol brasileiro e internacional.

  • Valeu a pena o Bahia participar da Florida Cup?

    Com poucos dias de preparação, o Bahia já encarou dois jogos amistosos no início de 2017. Mesmo com o curto espaço de tempo, o time recebeu muitas críticas.

    Analisando friamente o desempenho do time dentro de campo, será que deu para tirar bom proveito?

    Leia mais
  • O elenco do Vitória para 2017 é velho?

    A nova diretoria rubro-negra resolveu investir em jogadores experientes e conhecidos para a temporada 2017.

    A idade de um jogador de futebol, porém, ainda é um grande tabu no futebol baiano.

    Leia mais
  • 1
  • 2

Últimas colunas

  • Planejamento ou empirismo? +

    A noção dada por Bahia e Vitória já foi escancarada com a oficialização de alguns jogadores ao longo dos últimos dias. Leia mais
  • Sem sofrimento, por favor +

    Futebol não tem receita pronta, mas dá aos dirigentes direcionamentos óbvios com o passar dos anos Leia mais
  • Professores e boleiros +

    Uma discussão que tomou conta do futebol brasileiro nos últimos tempos Leia mais
  • Sonhar, pero no mucho +

    A responsabilidade dos dirigentes em vender ideias factíveis aos seus torcedores Leia mais
  • Preciso falar sobre Mário Sérgio +

    Um dos personagens mais controversos do futebol brasileiro também era um grande homem Leia mais
  • 1
  • 1
  • 2